Continuação da página anterior
Se por um lado, hoje é mais fácil encontrar namorado , graças á diversidade de locais gays existentes nas grandes  cidades (bares e discotecas, etc.) , por outro lado, a  concorrência é cada vez maior. Se vemos alguém que nos agrada, e não tentamos imediatamente agarra-lo, o mais provável é que outro o faça na nossa frente.  Principalmente, se andares atrás de pessoas muito atraentes. "O meu problema, é que só me consigo interessar por homens bonzões e a maioria deles, não costumam ser muito exigentes e vão com o primeiro esperto que lhes aparece na frente. Assim, como sou muito tímido, fica muito difícil agarrar um, porque quando eles aparecem, caiem-lhes logo todos em cima...", confessa-nos, Filipe, 24 anos.
   Vamos supor, que  dois homens, um «feio» e um «bonito», ambos passivos,  ou versáteis, vão tentar a sua sorte com homens atraentes. Quem acham que se vai sair melhor ? O bonito ? Não necessariamente. Tudo vai depender da atitude de cada um deles. Como já dissemos a beleza não é o mais importante no mundo gay.  Frequentemente ganha aquele que for mais rápido e atrevido. Claro, que existem excepções. Por exemplo, Daniel, de 26 anos é uma delas. "Sou bonito e prefiro homens tb bonitos, mas sou demasiado tímido, por isso só me costumo envolver com as pessoas que vêm ter comigo. Que são quase sempre os menos atraentes. Sou incapaz de seduzir alguém e de dar um paço na sua direcção. Assim, mesmo que olhem para mim, não passa disso. A sensação que eu tenho é que os homens bonitos não me ligam nenhuma... ", queixa-se.
  O lado bom disto, é que um namorado bonzão, pode estar ao alcance de qualquer um. "Antigamente achava que não devia ser suficientemente bonito para arranjar um namorado atraente, todos me davam com os pés. Mas um dia, percebi, finalmente, que não tinha nada a ver com a minha aparência, eu tinha beleza, o que me faltava era aprender a ser "esperto". E aprendi isso vendo muitos homens pouco atraentes conseguindo aquilo que eu não conseguia. Mas durante muito tempo, tive dificuldade em entender isto. Como é que era possível que aquela pessoa que eu estava querendo tanto, «preferisse» ficar com outra muito menos atraente que eu ? De repente, comecei a perceber que para conseguir agarrar o homem que eu estava procurando, tinha de pôr de lado a minha timidez e não desperdiçar mais nenhuma chance. Agora, se eu vejo alguém que me interessa, vou á luta...", revela Miguel, 27 anos.
  Pois é, pouco importa se és muito ou pouco atraente, as tuas chances de  encontrar um namorado são exactamente as mesmas. A única coisa que realmente conta, é a atitude. Uma pessoa por mais atraente que seja corre o risco de ficar sozinha se não tiver atitude, enquanto que outra pouco atraente mas com atitude, pode ter os homens que quiser...
Numa época, em que tudo se consome e tudo tem um prazo de validade, já nada é para sempre. Então deixou de se dar  tanto valor aos conteúdos e a ligar-se mais ás aparências (tamanho do pénis, tamanho dos músculos...). Hoje, as pessoas tb já não amadurecem tanto com a idade. Elas simplesmente, envelhecem. Passam do " prazo de validade" ... 
  Que ironia! Todos crescemos desejando ser mais bonitos e interessantes, para poder seduzir o nosso príncipe, e de repente, percebemos que os «príncipes» da vida real, «preferem» ficar com as... «bruxas»!
 
                                             página seguinte

Envia-nos tb a tua opinião
     sobre este assunto.